10 curiosidades sobre o Canadá

share on

O Canadá tem uma cultura diversa, que atrai muitos estrangeiros interessados em fazer um estágio ou intercâmbio de carreira no país.

Se esse é o seu caso e você tem curiosidade de saber mais sobre como é a vida no Canadá, leia até o fim!

Por que viver no Canadá?

O Canadá é um dos países que mais atrai imigrantes do mundo todo e é considerado um país multicultural, em que costumes diversos convivem em harmonia.

Além de acolher muito bem seus imigrantes e contar com eles para apoiar o crescimento do país, o Canadá oferece uma excelente qualidade de vida, o que inclui:

  • um dos melhores sistemas de ensino mundiais;
  • segurança, tendo uma das menores taxas de criminalidade do mundo;
  • assistência médica universal;
  • economia próspera e um mercado de trabalho aquecido em diversas áreas, com programas para atrair imigrantes qualificados;
  • pontos turísticos e opções de lazer incríveis incríveis (ex: Banf, Niagara Falls, Prince Edward Island, Jasper National Park, dentre muitos outros).

Como é a cultura canadense?

Podemos dizer que a principal característica da cultura canadense é a multiculturalidade. Formado por 10 províncias e 3 territórios, o Canadá é o segundo maior país do mundo, abrigando uma rica diversidade de pessoas e culturas. Um exemplo disso é o fato de ser um país bilíngue, que tem o inglês e o francês como idiomas oficiais.

Há 3 grupos de povos indígenas no Canadá: Primeiras Nações, Inuit e Métis. Eles estão subdivididos em comunidades diferentes, cada uma com seus próprios costumes, e tem crescido cada vez mais o interesse das pessoas por essas culturas tradicionais.

Em face de sua enorme extensão territorial, o Canadá tem uma baixa população, e conta com os imigrantes para povoar o país e apoiar seu desenvolvimento. Além disso, a população local está envelhecendo, de modo que faltam canadenses em idade ativa para preencher as vagas disponíveis no mercado de trabalho do Canadá.

Sendo assim, o país tem uma forte política de imigração, com programas diversos para suprir as demandas de cada região e apoiar os estrangeiros em sua adaptação. Estima-se que, em Toronto, uma das principais cidades do Canadá, sejam falados mais de 140 idiomas e que 50% dos habitantes tenham nascido fora do país.

Por que estudar no Canadá? 

Definitivamente o Canadá é um dos melhores destinos para intercâmbio de estudos e trabalho. O país tem algumas das melhores universidades do mundo e o custo para estudar no Canadá é mais acessível se comparado ao de outros países que também são muito procurados para esse tipo de intercâmbio, como Austrália e Estados Unidos, além de haver grande oferta de bolsas de estudo.

O visto de estudante no Canadá oferece possibilidade de trabalhar durante o curso para cobrir parte das suas despesas no país, enquanto você ganha experiência e se qualifica para o mercado local. As próprias instituições de ensino superior organizam eventos e outras iniciativas para conectar seus alunos à comunidade local e promover o networking, firmando parcerias com empresas.

Após a conclusão do curso, você tem a possibilidade de ficar trabalhando no país por mais 3 anos. Um diploma de uma universidade canadense pode, inclusive, abrir portas para conquistar uma residência permanente no futuro.

 

10 fatos interessantes sobre o Canadá

1. O território canadense é privilegiado com natureza abundante

No Canadá você encontra grandes florestas, uma vasta cadeia
de montanhas, um extenso litoral e muitas paisagens intocadas, de natureza exuberante. Cerca de 30% do território canadense é coberto por florestas densas.


Há parques nacionais no Canadá maiores do que
países, como o Wood Buffalo National Park, o maior do país e um dos maiores do mundo — sua extensão ultrapassa a de países como Dinamarca, Suíça e Holanda. Tanta riqueza natural faz com que os canadenses apreciem e se dediquem a preservar este patrimônio.

 

2. Os canadenses são educados e reservados, porém informais

No Canadá, as pessoas têm o costume de se cumprimentar com um aperto de mão quando estão se encontrando pela primeira vez, e amigos próximos geralmente se cumprimentam com um abraço. Os canadenses costumam se dirigir um ao outro pelo primeiro nome. De modo geral, é um povo receptivo e acolhedor, mas que também respeita o espaço do outro e gosta de ter o seu próprio espaço respeitado.

 

3. O hóquei é uma paixão nacional

Apesar de sua natureza pacífica e amigável, os canadenses são apaixonados por um dos esportes mais brutais que existe: o hóquei. Mesmo se não estiver disposto a aprender a jogar, esteja aberto a convites para assistir a algumas partidas — certamente será uma ótima oportunidade de se enturmar.

 

4. O sistema de governo é a monarquia constitucional

Isso quer dizer que as decisões são tomadas pelo governo e por um Primeiro-ministro eleito democraticamente. A chefe de estado do Canadá é a rainha da família real britânica, representada pelo Governador-geral.

 

5. O país é um centro de produção cinematográfica

O Festival de Cinema de Toronto é o segundo maior do mundo. Além de Toronto, Vancouver tem grande destaque no segmento, recebendo estrangeiros do mundo inteiro interessados em estudar a sétima arte e atuar na área.

 

6. A “cultura da cabana” (casas de campo) é real

Se tem uma coisa que os canadenses adoram é “passar o fim de semana no norte” em suas cabanas no lago ou na floresta. Imagine aquelas cenas de filme com fogueiras crepitantes, pores do sol inesquecíveis, passeios de barco e esportes aquáticos. Isso é algo que, de fato, faz parte da cultura do Canadá de maneira muito forte.

Em cada região, essas casas de campo são chamadas de uma maneira: na Columbia Britânica elas são mais conhecidas como cabana, no Quebec francês como chalé e no Quebec inglês como casa no lago.

 

7. “Maio 2-4” é um feriado tradicional no país

Também conhecido como “Victoria Day”, o “May Two-Four” é um feriado comemorado na última segunda-feira anterior a 25 de maio. O motivo original seria celebrar o aniversário da rainha Vitória, desde de que foi decretada a soberania do Canadá. Contudo, para muitos canadenses, o “May Two-Four” é considerado o início do verão, quando eles aproveitam para abrir a temporada em suas cabanas, chalés ou casas no lago.

 

8. É o maior exportador mundial de maple syrup

Os canadenses são verdadeiramente apaixonados por maple syrup (ou xarope de bordo), que é a seiva bruta de árvores de bordo, encontradas em cada esquina por lá. Aproximadamente 70% do maple syrup consumido no mundo todo vem do Canadá, com a maior parte da produção concentrada em Quebec.

Para quem não conhece, parece uma calda, com sabor adocicado e suave (semelhante ao caramelo) e é muito utilizado em panquecas, sorvetes, waffles e até em assados. Se você for ao Canadá, tem que experimentar!

 

9. O país apresenta características progressistas

Não só os indivíduos, mas também os partidos políticos e organizações canadenses fazem um esforço ativo e progressivo para que todos se sintam aceitos e bem-vindos no Canadá, independentemente de gênero ou sexo, nacionalidade, religião e outros aspectos pelos quais as pessoas são julgadas ou discriminadas. Isso inclui relacionamentos sociais, ambientes de trabalho e outros.

 

10. É o maior país do mundo que faz fronteira com apenas um país

Os Estados Unidos ficam ao sul do Canadá, que é cercado por oceanos em todos os outros lados (Atlântico Norte, Pacífico Norte e Ártico). Outras curiosidades a respeito disso: a fronteira entre o Canadá e Estados Unidos é a mais longa fronteira descontínua e a segunda maior fronteira contínua do mundo.

Cape Breton University (CBU)

A Cape Breton University (CBU) é lar de quase 5.500 alunos de mais de 40 países ao redor do mundo. Ela oferece um conjunto abrangente de
programas de artes liberais, ciências, negócios, saúde e profissionais no primeiro campus autossuficiente em energia da América do Norte.


Como uma universidade que se dedica à excelência em ensino e aprendizagem, a CBU oferece aos alunos a vantagem de uma

aprendizagem experiencial excepcional e oportunidades de pesquisa de graduação em um ambiente acadêmico de apoio.


Os programas da CBU estão consistentemente bem
acima das médias nacionais em interação professor-aluno e aprendizado de serviço.


O povo, a cultura e um forte senso de comunidade fazem da Cape Breton University um lugar especial. Há um comprometimento com o futuro da Ilha de Cape Breton, com

programas inovadores de desenvolvimento econômico e sustentabilidade e com a liderança na aprendizagem indígena.