Como escolher a cidade do meu intercâmbio no Canadá?

share on

O Canadá é um dos países mais procurados por brasileiros e intercambistas do mundo inteiro. Além de ser um país bastante receptivo a estrangeiros e de haver muitas oportunidades de estudo e trabalho no Canadá, há uma multiculturalidade, principalmente nas grandes cidades. Isso proporciona ricas experiências em aspectos como arte e gastronomia, e também em termos de convivência e empatia.

 


Muitos estudantes podem ficar em dúvida sobre as
melhores cidades para fazer intercâmbio no Canadá. Qualidade de vida, boa infraestrutura de serviços, transporte eficiente e alto nível das instituições de ensino são características comuns a praticamente todas as regiões. O que acaba diferenciando mais uma cidade da outra é estilo e custo de vida, clima, dentre outras particularidades. 

 


Neste post, vamos ajudar você a escolher
lugares para morar no Canadá, apresentando características de algumas das principais cidades que mais atraem intercambistas e estudantes estrangeiros.

 

Vancouver

É uma cidade litorânea que fica na Província de Colúmbia Britânica, na costa oeste do Canadá. A população é de 700 mil habitantes, chegando a 2 milhões quando somada à da região metropolitana.

 


Considerada
uma das mais belas cidades do Canadá e uma das mais limpas do mundo, Vancouver é também um importante centro cultural do país. O Festival Internacional de Cinema de Vancouver, por exemplo, é um dos maiores eventos do setor cinematográfico. 

 


Se você não gosta de frio extremo, deve considerar ir para lá em seu intercâmbio no Canadá. Isso porque o
inverno em Vancouver não é tão rigoroso como o de outras regiões do país.

 


No verão, entre maio e julho, a temperatura fica na casa dos 22º. A cidade é bem servida de ciclovias e, nessa época, a bicicleta é um meio de transporte muito utilizado por lá (há possibilidade de alugar em vários pontos da cidade). Também há o Seabus, uma espécie de ferry que cruza os rios que atravessam a cidade. 

 


Na primavera e no outono, a média é de 14º. No inverno, que vai de dezembro a fevereiro, pode chegar a 2º, porém não neva tanto como em Ottawa e Toronto, por exemplo.

 


A
vida noturna da cidade é agitada, com inúmeros bares e festas de diversos estilos, de latino a eletrônico, embora as casas noturnas no Canadá costumem fechar mais cedo do que no Brasil, por volta das 3 da manhã, enquanto os bares vão até meia noite ou 1 hora.

 


Em resumo, é uma
cidade eclética com uma paisagem única, que combina praias, montanhas e arranha-céus.

 


Em relação ao custo de vida em Vancouver, pode-se dizer que é um pouco maior do que em Ottawa, por exemplo, porém menor do que em Toronto. 

 

Montreal

Montreal é uma cidade bilíngue, em que se fala tanto o inglês como o francês, sendo um prato cheio para quem quer aprender ou desenvolver fluência em uma terceira língua. Inclusive o governo de Quebec, província a que Montreal pertence, oferece aulas de francês online e gratuitas para estudantes internacionais e familiares que o estejam acompanhando em seu intercâmbio.

 


Além disso, é considerada um
polo gastronômico da América do Norte, sendo a cidade com mais restaurantes por número de habitantes no continente. Nesse quesito, Montreal compete diretamente com Nova York, porém com preços mais acessíveis. 

 


É a
segunda maior cidade do Canadá e ainda assim tem custo de vida mais baixo do que o de outras regiões, como a de Toronto. 

 


Montreal tem, ainda,
a maior cidade subterrânea do mundo, com 32 km de amplitude. Funciona como uma espécie de shopping center, com variadas opções de comércio para que a população possa fazer suas compras com tranquilidade mesmo nos dias mais frios. 

 


O entorno da cidade conta com deslumbrantes paisagens naturais, sendo um dos principais
destinos de esqui e trilhas em suas montanhas nevadas e parques na região. Fãs de esportes, como o hóquei, certamente encontrarão sua turma em Montreal.

 


A parte cultural também é forte: além de abrigar uma série de
museus e galerias, Montreal recebe cerca de 120 festivais ao longo do ano. A maioria deles ocorre no verão, ao ar livre e é de graça. A vida noturna da cidade é agitada, ao estilo europeu. 

 


Por ser cenário de
grandes produções audiovisuais, os estudantes de cinema adoram a cidade. Outros segmentos de destaque do mercado local são big data e efeitos visuais



Blog exclusivo sobre Montreal

Toronto

Localizada no lado norte do lago de Ontário, que dá nome à Província cuja capital é Toronto, trata-se da maior cidade do país. Embora a capital do Canadá seja Ottawa, Toronto é considerada a capital empresarial, além de ser um polo econômico, cultural e turístico.

 


O Lago de Ontário é um dos Cinco Grandes Lagos da América do Norte. Essa localização estratégica faz de Toronto, ainda um
importante polo comercial, já que os navios que transportam mercadorias alcançam facilmente o Oceano Atlântico por meio da via marítima do Rio São Lourenço. 

 


Além disso, a cidade é sede de grandes bancos e instituições financeiras, sendo
um dos principais centros financeiros mundiais. Vários outros setores, como moda, cinema, processamento de alimentos e tecnologia da informação movimentam a economia da cidade.

 

Toronto também é a sede das principais redes nacionais de transmissão e meios de comunicação do país. Centro da vida intelectual e cultural do Canadá anglófono, abriga uma rica produção de cinema, teatro, música e televisão, e também muitas galerias, museus, festivais e eventos públicos

 


Embora tenha um custo de vida mais elevado
em comparação a outras cidades do Canadá, os salários em Toronto também costumam ser mais altos

 


Além do inglês, que é a língua oficial, em seu
intercâmbio em Toronto, é possível que você esteja em contato com diversos outros idiomas: estima-se que sejam faladas mais de 160 línguas na cidade.

 



Blog exclusivo sobre Toronto

Cape Breton

Agora, se você é um amante da natureza e busca por destinos menos óbvios, precisa conhecer este lugar! A Ilha de Cape Breton foi classificada como a Ilha nº 1 na América do Norte pelos leitores da Condé Nast Traveller e Ilha nº 1 no Canadá pelos  leitores da Travel + Leisure, prêmios que homenageiam os principais destinos de viagens e empresas em todo o mundo.

 


Praias de águas cristalinas, trilhas com paisagens estonteantes à beira de penhascos com vista para o mar, passando por pitorescas vilas de pescadores, impressionantes campos de golfe e inúmeras opções de aventuras ao ar livre, como passeios de caiaque, paddle boarding e observação de baleias…

 


Além da
natureza abundante e exuberante e do contato mais próximo com a cultura original dos povos nativos, nessa localidade há muitas vantagens para pessoas que desejam imigrar para o Canadá

 


Em geral, as exigências são menores em relação ao nível de inglês, por exemplo, e outras burocracias envolvidas no processo de imigração, se comparado ao das principais cidades. Isso porque essa é uma região com baixa densidade demográfica, então falta mão de obra em algumas áreas, e por isso há a necessidade de atrair estrangeiros qualificados para suprir tais demandas.
O custo de vida também é mais baixo e o nível de segurança (e de sossego), alto.

 

 

Então, se você curte e se identifica com esse estilo de vida e quer saber como ir para o Canadá trabalhar legalmente, vale a pena procurar saber mais e considerar essa opção. E pode ficar tranquilo porque em Cape Breton também há boas opções de cursos e colleges.

 

 


 

Esperamos que este conteúdo tenha contribuído para que você faça sua escolha de destino de intercâmbio no Canadá. Se ainda tiver dúvidas ou precisar de suporte para dar entrada em seu visto e ajuda para escolher um college na cidade para onde pretende ir, entre em contato com a Spiible!



Quero entrar em contato!

 

< Older Post

 

Newer Post >