Como tirar o visto americano?

share on

O processo do visto americano é um tanto burocrático e costuma gerar apreensão em quem almeja se aplicar para tirar o visto. Como houve algumas mudanças nesse processo nos últimos anos, algumas pessoas ficam ainda mais inseguras e com dúvidas em relação ao visto americano.

 

O processo do visto americano é um tanto burocrático e costuma gerar apreensão em quem almeja se aplicar para tirar o visto. Como houve algumas mudanças nesse processo nos últimos anos, algumas pessoas ficam ainda mais inseguras e com dúvidas em relação ao visto americano. 


Mas calma que vamos te ajudar! Neste post,
esclarecemos quais são as etapas, taxas e documentos requeridos, e também como você deve se portar na tão temida entrevista para aumentar as chances de ter seu visto americano aprovado. Confira a seguir!

 

 

Como é o processo de visto americano?

1. Formulário DS-160

 

O primeiro passo é o preenchimento do DS-160, um formulário eletrônico em inglês. Na própria plataforma você consegue traduzir as perguntas para o português, mas as respostas devem ser em inglês. 


É importante responder tudo com bastante cuidado e atenção, fornecendo informações precisas e atualizadas, que possam ser comprovadas. Qualquer erro ou inconsistência em suas respostas pode comprometer suas chances de ter o visto americano aprovado. 


Não se esqueça de salvar cada etapa, evitando que o formulário expire e você precise preencher de novo do início. Lembre-se também de anotar o número do formulário, pois somente com ele você consegue acessá-lo novamente. 

2. Taxa consular

 

Depois de preencher o DS-160, você deve realizar o pagamento da taxa consular, que pode ser feito com cartão de crédito dentro do próprio sistema de agendamento (que não é o mesmo do DS-160, você deve fazer um novo cadastro em outra plataforma), por boleto ou em dinheiro em qualquer agência do Citibank. 


A taxa tem
validade de um ano, caso sua entrevista seja cancelada e você precise remarcar. Na hora da marcação, você já escolhe como deseja receber seu passaporte de volta: no seu endereço ou em mãos no consulado (dessa forma costuma ser mais rápido).No novo sistema, a taxa é única: US $160 para vistos que não exigem petição.

3. Coleta de dados biométricos e entrevista

 

Após a compensação do pagamento da taxa (2 dias úteis), você deve fazer o agendamento para comparecer ao CASV(Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto), onde serão coletados seusdados biométricos, e para a entrevista no consulado


Apenas no consulado de Porto Alegre as duas etapas continuam sendo feitas no mesmo dia. Em São Paulo, Brasília e Rio de Janeiro e Recife, elas são feitas em dois dias consecutivos.


Solicitantes menores de 15 e maiores de 66 anos ficam isentos da coleta de impressões digitais. Eles mesmos ou seus representantes devem entregar uma fotografia 5×7 junto com a página de confirmação do formulário DS-160 no CASV. 


Além disso,pessoas com menos de 16 e mais de 65 anos estão dispensadas da entrevista, mas podem ser convocadas caso o Consulado ou a Embaixada achem necessário.

Que documentos levar no dia da entrevista?

A documentação pode variar de acordo com o tipo de visto: B-1 (Negócios), B-2 (Turismo), C-1 (Trânsito), F-1/F-2 (Estudante), J-1/J-2 (Programa de Intercâmbio), M-1/M-2 (Estudante Vocacional).


No CASV, você deverá levar seu passaporte, comprovante de pagamento da taxa e o formulário DS-160 finalizado. Já para a entrevista no consulado, a lista é um pouquinho mais longa:

  • passaporte válido + anteriores (caso tenha)
  • agendamento
  • formulário DS-160 finalizado
  • duas fotos coloridas 5×7
  • carta de matrícula
  • comprovante de acomodação
  • carta de custeio (caso tenha patrocinador)
  • declaração de IR atual com recibo de entrega
  • extrato bancário dos últimos 3 meses 
  • 3 últimos recebimentos mensais (holerites, contracheque, pró-labore ou decore)
  • comprovação de estudos: matrícula, histórico escolar, diploma (caso tenha)
  • comprovação de emprego: carteira de trabalho, carta do empregador, contrato social ou carteira de identidade profissional 


Não se esqueça de já levar todos os documentos impressos, pois caso precise imprimir algo nos arredores do consulado, o valor cobrado pela impressão costuma ser bem mais alto.

 

Qual o valor mínimo exigido e como posso comprovar capacidade financeira?

Não há um valor oficial divulgado pelo governo americano. No caso de estudantes, sugerimos que seja entre USD 2000 e USD 3000 para cada mês de permanência. Para turistas, é recomendável apresentar um saldo mínimo de USD 1500 por mês de permanência nos EUA.


Para fazer essa comprovação, você pode apresentar
extratos bancários da sua conta-corrente, e de economias como poupança ou aplicações financeiras com liquidez. Além dos extratos, você pode incluir comprovação de renda, como holerite e Imposto de Renda. 

Como se preparar para a entrevista do visto americano?

As perguntas feitas na entrevista variam muito de acordo com a forma que cada oficial de imigração analisa o formulário DS-160. De forma geral, ele vai querer saber o motivo da viagem, sua situação atual no Brasil (atividade profissional), se você tem condições financeiras para se manter enquanto estiver nos Estados Unidos e quais os seus vínculos com o Brasil (quanto mais fortes forem esses vínculos, maiores as chances de aprovarem seu visto americano).


Seja pontual, mantenha a tranquilidade e responda apenas o que o oficial perguntar, de forma clara e objetiva. Se não houver nenhuma irregularidade em seu processo ou inconsistência nas informações apresentadas, as possibilidades de que ocorra uma negativa são relativamente baixas.


No momento, os atendimentos estão suspensos por conta da pandemia, exceto para visto americano de estudo. Se você pretende tirar o visto americano para viajar aos Estados Unidos nos próximos meses ou no próximo ano, informe-se e dê início ao processo o quanto antes, pois quando o atendimento for integralmente retomado, provavelmente o volume de solicitações será bem alto, fazendo com que o tempo de espera para agendamento seja maior que o de costume.


Para aumentar suas chances de ter o visto americano aprovado,
busque orientação de uma agência especializada, que poderá dar dicas específicas e direcionadas para o seu caso individual, além de prestar auxílio em todas as etapas do processo de visto americano, de agendamentos à documentação exigida para o tipo de visto que você pretende tirar.

Ainda está com dúvidas? A Spiible possui um departamento especializado em vistos e está à disposição para te ajudar nesse processo! Basta clicar no botão abaixo para falar com um de nossos Student Advisors. Aproveite!

Quero falar com um Student Advisor