Não há dúvidas de que fazer uma graduação ou especialização no exterior é um diferencial e tanto para seu currículo e sua carreira. Um curso internacional também pode lhe abrir portas que você nem imagina, principalmente em determinadas áreas de trabalho nas quais existe uma alta demanda e falta de profissionais qualificados, como tecnologia e marketing digital

 


Em alguns países da Europa, e também no Canadá e na Austrália, por exemplo, há opções muito interessantes de cursos nessas áreas, que impulsionam significativamente sua 
empregabilidade, abrindo as portas do mercado internacional para que você possa construir uma carreira no exterior. Já pensou nessa possibilidade? Então, não perca essa chance e leia até o fim!

 

 

Por que fazer um curso no exterior?

Em países como Canadá, Austrália, Alemanha, Suíça e Espanha, há instituições de ensino que oferecem excelentes cursos de MBA, por exemplo, com valores próximos aos das principais instituições brasileiras.


Essas instituições internacionais recebem alunos(as) e professores do mundo inteiro, formando uma forte rede de contatos que podem lhe proporcionar uma rica bagagem cultural, além da possibilidade de fazer 
networking internacional, abrindo caminhos em múltiplas direções — se souber aproveitar bem essa oportunidade, você decide o que quer fazer e onde quer trabalhar depois!

 


Na maioria dos casos, é possível conseguir um 
visto de estudos com permissão de trabalho, de modo que você possa ter uma experiência prática no mercado do país em que estiver estudando, e ainda custear parte das suas despesas. Em alguns casos, você consegue até recuperar o valor investido no curso. Dependendo da área e da sua qualificação, pode ser também primeiro passo para conseguir um visto de residência permanente.

 


As próprias instituições de ensino promovem eventos e outras iniciativas que colocam os(as) estudantes em contato com possíveis empregadores. Algumas delas têm, inclusive, parcerias com empresas locais e multinacionais, e também departamentos e/ou consultores dedicados a preparar os(as) alunos(as) para entrevistas e ajudá-los(as) a elaborar seus currículos de acordo com as exigências de cada local.

Cursos internacionais podem aumentar sua empregabilidade?

 

Como destacamos no início, algumas áreas têm mais demanda por profissionais qualificados, oferecendo maior empregabilidade no exterior. Por isso, vamos agora dar alguns exemplos de cursos nessas áreas específicas e profissões que estão em alta na Europa e no Canadá, para que você possa ficar por dentro e se planejar para viver essa experiência tendo ainda mais chances de sucesso!

Canadá

Alta empregabilidade, excelente infraestrutura e qualidade de vida, cursos com ótimo custo-benefício e boa receptividade a estrangeiros são alguns dos fatores que fazem do Canadá um dos países mais procurados por brasileiros que almejam estudar e trabalhar no exterior. Se esse é o seu caso, veja a seguir alguns cursos em que vale a pena ficar de olho! 

UCW (University Canada West)

UCW é uma universidade inovadora voltada para negócios e tecnologia com ênfase na experiência prática e programas elaborados para atender às necessidades do mercado, tendo conexões estreitas com a comunidade empresarial.

 


MBA tem cursos com foco em Marketing, Liderança ou Finanças, desenvolvendo competências essenciais como pensamento crítico, comunicação persuasiva, análise de sistemas, liderança e ética empresarial.

 


Além disso, a instituição tem parceria com o 
Digital Marketing Institute, Salesforce (Trailhead), Tableau e IBM, que agregam componentes digitais relevantes para os cursos de MBA da UCW.

 


Outros cursos promissores são o Bacharel em Comércio, Bacharel em Comunicação Empresarial e Associate of Arts, em que você pode escolher entre oito áreas de enfoque: contabilidade, economia, hotelaria e turismo, gestão, marketing, comunicação na mídia, psicologia e justiça social. 

 

Cornerstone

Web Design and Mobile Application Development Program da Cornerstone faz parte do CO-OP, um tipo de intercâmbio que une estudos e trabalho, incluindo estágio obrigatório remunerado, além de ser focado em uma área que está super em alta no Canadá, país que vem se tornando um centro da tecnologia mundial — já tem até seu próprio “Vale do Silício do Norte”.

 


Os estudantes aprendem as bases de programação, como 
CSS, HTML e Java, e depois escolhem se especializar em Desenvolvimento Web, para desenvolvimento de sites e aplicativos para web, ou Mobile, para desenvolvimento de aplicativos móveis.

 


empregabilidade dos(as) alunos(as) formados neste curso gira em torno de 80% a 90%. A Cornerstone fica em Vancouver, na província de British Columbia, uma das regiões em que há maior demanda por profissionais de Web e Mobile Development. Tanto que foi criado um programa de migração acelerada para atrair e reter talentos internacionais dessa área, já que a oferta de trabalhadores locais não é suficiente para suprir essa demanda.

 

 

Europa

Quem tem um diploma e/ou uma experiência de trabalho no Velho Continente acaba se qualificando para trabalhar em qualquer lugar do mundo! E, para isso, nem é preciso estudar na universidade mais cara e mais famosa. Veja um ótimo exemplo disso a seguir! 

E‌U Business School

A E‌U é uma Business School, que coloca os(as) alunos(as) em contato com grandes líderes do mercado europeu e mundial. Alguns, inclusive, fazem parte do corpo docente da instituição.

 


O sucesso de qualquer empresa, hoje, depende de sua presença online. Sendo assim, o
 MBA em Negócios Digitais, na unidade de Barcelona, é uma opção a ser considerada, pois prepara o(a) estudante para atuar em uma das áreas de maior demanda e crescimento mais rápido no mundo todo atualmente, inclusive na Europa.

 


Os(as) desenvolvem uma 
mentalidade empreendedora, se especializando em uma ampla gama de tópicos que vão desde arquitetura online até usabilidade, e, assim, se qualificando tanto para gerir seu próprio negócio digital quanto para trabalhar nas melhores empresas do ramo.

 


Kris Naudts, CEO da Culture Trip, e Stijn Christiaens, Co-Fundador da Collibra, por exemplo, já estiveram na UE falando aos estudantes sobre suas jornadas construindo negócios digitais de sucesso global, sendo ágeis e extraindo os limites dos modelos de negócios existentes.

 


Barcelona é uma das cidades inteligentes mais avançadas do mundo, atraindo talentos internacionais e startups inovadoras (atualmente existem cerca de 1300 na região), além de abrigar algumas das principais multinacionais globais, como Airbnb, Amazon e Centro de Inovação da Siemens.

 


Outros cursos de MBA da EU que podem lhe interessar são: 
MBA em Negócios Internacionais, MBA em Marketing Internacional, MBA em Gestão de Recursos Humanos, dentre outros. A escola tem unidades também na Suíça, onde fica sua sede, e na Alemanha.

 


Ter um 
diploma internacional e dominar o idioma — outra vantagem de fazer um curso no exterior é adquirir fluência na língua — já é meio caminho andado para quem deseja fazer carreira no exterior e aumentar sua empregabilidade de forma exponencial.