Cursos no Ranking Forbes que não custam o olho da cara – Versão Europa

share on

Estudar fora do país é um dos sonhos de muitos jovens no Brasil. A Europa é um destino almejado pelos estudantes, porém, o medo de que os preços de cursos no exterior sejam altos acabam adiando os planos.


Entretanto, por mais que exija sim um planejamento do ponto de vista financeiro, existem cursos para intercâmbio na Europa que não custam o olho da cara. Alguns deles, inclusive, figuram entre
os melhores indicados no Ranking da Forbes, como os da EU Business School.


Se fazer um curso na Europa é seu sonho, mas você não sabe o que é preciso para conseguir, continue a leitura, pois nesse texto você vai saber mais sobre como estudar no continente sem gastar uma fortuna.

O que é necessário para estudar na Europa? 

Primeiramente, se você tem a vontade de estudar em qualquer país estrangeiro, se planejar e fazer uma pesquisa sobre os melhores destinos é o passo inicial. Leve em consideração diversos critérios como seu
clima favorito, idioma falado no país, cultura e, especialmente, a qualidade do ensino.


Uma agência de intercâmbio pode auxiliar você a entender qual destino atende melhor seu perfil. A partir daí, será necessário receber uma carta de aceite para fazer a aplicação ao visto de estudante. Cada país possui regras específicas, então, isso irá depender de onde irá estudar.



Não esqueça de que também será indispensável possuir um passaporte válido durante toda a duração do cursos.

Como estudar barato na Europa?

Muitos países europeus oferecem
bolsa de estudos
para estrangeiros e quanto melhor for seu perfil, mais chances de se aplicar para uma destas oportunidades. Por isso, se quer ser um estudante na Europa, você terá que se dedicar na sua carta de motivação e mérito, no seu currículo e, se possível, possuir
cartas de recomendação.

Outra dica importante é buscar por programas de acordo com seu interesse, por exemplo, se seu foco é mudar carreira quando retornar ao Brasil, busque por cursos que te darão novos conhecimentos ou invés de optar pela área em que já atua.

Onde estudar na Europa?

A Europa é um continente que possui diversos países que atraem brasileiros para uma experiência no exterior. Por isso, escolher o destino costuma ser uma das tarefas mais difíceis para os futuros intercambistas. Para facilitar, elencamos abaixo os melhores países e cidades para brasileiros estudarem na Europa:

Suíça

Esse destino, normalmente, não é o primeiro que vem à mente de quem deseja sair do Brasil para estudar. Mas, o que muitos não sabem é que a Suíça tem uma excelente reputação quando o assunto é
educação. As instituições de ensino suíças são reconhecidas por sua excelente qualidade.


Além da qualidade de ensino, a diversidade cultural do país é um outro atrativo. Os nativos falam três idiomas: francês, alemão e italiano, além de ser muito comum o uso do inglês nas escolas e universidades.


Outro ponto positivo é que os custos das instituições particulares costumam ser mais vantajosos do que outros países europeus. Uma das dúvidas dos estudantes é sobre o custo de vida na Suíça.


Tudo vai depender do estilo de vida que você deseja ter. É possível economizar se hospedando em casas estudantis e utilizando a bicicleta para se locomover, por exemplo.


Entre as melhores cidades para estudar na Europa, figuram Genebra e Montreal. A primeira delas concentra diversas organizações internacionais, instituições financeiras e empresas multinacionais. Ainda está localizada próximo aos Alpes, o que é um atrativo para os amantes da natureza.

Já Montreal é um importante centro para estudo de negócios e tecnologia, já que reúne diversas instituições do ramo. Os alunos ainda se beneficiam da presença de importantes organizações como o Comitê Olímpico Internacional.

Alemanha

Normalmente, a Alemanha é cogitada mais comumente para brasileiros que desejam viajar a passeio na Europa. Porém, o destino também deve ser considerado como opção para estudo. Primeiramente, é um dos países mais organizados do mundo.


Além disso, também é reconhecido pela
qualidade de ensino e boa parte da população também fala inglês. Sendo assim, as instituições de ensino locais costumam oferecer diversas opções de cursos ministrados na língua inglesa.


Outro ponto interessante é o quanto o país respeita e aprende com a história e as experiências do passado. Para os estrangeiros, vivenciar esta realidade tão particular é um diferencial.


Para completar, a riqueza cultural da Alemanha também é um atrativo extra. São diversas opções de lazer com museus, teatros, concertos musicais, bibliotecas, entre outros.


Vale destacar ainda que, ao contrário do que muitos pensam, o custo de vida da Alemanha não é alto, dependendo do estilo de vida, local de moradia e prioridades do estudante. Os valores para estudar nas instituições de ensino são acessíveis.

Munique é uma das cidades mais procuradas por estudantes estrangeiros na Alemanha, pois é reconhecidamente um município de indústria inovadora e de excelente qualidade de vida. Munique é o local perfeito para uma educação empresarial de classe mundial.

Espanha

Por conta da
similaridade entre as línguas, a Espanha é um dos destinos mais procurados por brasileiros que não desejam apenas aprender o inglês. Assim como nos destinos anteriores, o país conta com excelentes escolas e faculdades, com custos bem atrativos.


O custo de vida no país pode ser ainda mais barato, pois o visto de estudante permite trabalhar por
20 horas semanais, auxiliando os intercambistas com os gastos durante toda a viagem. Sem contar a experiência completa de estudar e ainda trabalhar em um país estrangeiros.

A cultura e gastronomia espanhola são outros diferenciais do destino, sem contar que algumas cidades, como Barcelona, possuem semelhanças com algumas regiões brasileiras. O local é um centro para jovens talentos criativos, com centenas de startups, empreendedores e indústrias de negócios em crescimento.

Quais são os melhores cursos para estudar na Europa?

Assim como no Brasil, quase todos os países europeus possuem uma grande diversidade de opções de cursos como
graduação, pós-graduação, MBA, idiomas, tecnólogos e cursos rápidos. A escolha do seu programa ideal de estudo vai depender do seu nível atual de escolaridade e, principalmente, dos seus objetivos profissionais. 

A Europa tem ainda uma variedade de áreas de especialização, sendo que alguns setores são mais procurados tanto por estudantes nativos quanto por estrangeiros.


  • Ciências sociais e ciências políticas;
  • Idiomas (aperfeiçoamento ou para objetivos específicos);
  • Cursos para a área de negócios;
  • Inovação nas empresas;
  • Artes;
  • Design Gráfico;
  • História;
  • Literatura;
  • Tecnologia da informação;
  • Moda;
  • Gestão.

Conheça a EU Business e seus programas

Uma das instituições de ensino mais renomadas da Europa é a
EU Business School, que conta com campus em três países: Suíça, Alemanha e Espanha. É uma escola de negócios internacional, profissionalmente credenciada e de alto nível, que oferece programas de base, bacharelado, mestrado e MBA com ensino de inglês.

As disciplinas fomentam o
empreendedorismo, a inovação e a liderança, características que são muito procuradas pelas empresas. Entre as opções de programas, a EU Business School conta com cursos de administração de empresas, comunicação e relações públicas, negócios internacionais, negócios digitais, gestão esportiva, marketing, finanças e empresas, entre outros. 


Quer saber mais sobre a EU Business School e como realizar seu sonho de estudar na Europa sem gastar muito?
Entre em contato conosco da Spiible, que iremos te ajudar a entender qual o melhor destino para você!



Quero entrar em contato!