Pathway: preparação para universidades e colleges no exterior

share on

Saiba o que é Pathway e como ele pode melhorar o seu o inglês para estudar e trabalhar no Canadá e Austrália.

Se você tem vontade de cursar uma universidade ou college fora do Brasil, mas não domina o inglês acadêmico, existe uma alternativa que talvez você ainda não conheça: o Pathway.


Caso seu nível de inglês ainda não seja suficiente para adquirir a nota mínima exigida pelas instituições de ensino internacionais em testes de proficiência como o IELTS e o TOEFL, isso não é motivo para desistir dos seus planos de
 estudar no exterior.


Neste post, vamos explicar 
o que é Pathway e como ele pode ajudar você a dominar o inglês para a universidade em países como Canadá e Austrália, e ainda te preparar melhor para a vida acadêmica nestes países, que pode ser um pouco diferente do que ocorre no Brasil.

O que é Pathway?

Para ingressar em um curso superior em um college ou universidade no exterior, você precisa realizar um teste de inglês que comprove seu nível de domínio no idioma, seja um teste realizado pela própria instituição em que você pretende estudar, seja apresentando um desses testes de proficiência mais conhecidos e aceitos, como o TOEFL e o IELTS. Nesse caso, cada escola pode exigir uma nota mínima diferente, então é preciso se informar direto com a instituição em que você pretende estudar.


Acontece que esses testes são caros e, dependendo do seu nível de inglês, exigem uma boa preparação antes de realizá-los para não correr o risco de perder a grana investida. E nem sempre você tem tempo hábil para fazer um preparatório para IETLS adequado, já que o resultado do teste de proficiência precisa ser entregue junto com a documentação obrigatória para admissão em uma universidade, e posterior aplicação para o visto de estudos.


Nesses casos, para não correr o risco de perder o prazo para aplicação ou de não obter a nota mínima em um desses testes, você pode optar por fazer um Pathway. Trata-se de um 
curso preparatório para entrar nas universidades e colleges no Canadá, Austrália e Estados Unidos, voltado a estudantes internacionais. Na Austrália, é chamado de inglês acadêmico. Mas o Pathway não é um simples curso de inglês. Digamos, que é um inglês para college, dentro de um contexto maior de preparação, como detalharemos a seguir.

Quais os benefícios do Pathway e como funciona o processo?

Além de desenvolver suafluência no idiomapara que você tenha condições de ingressar na educação superior do país em que estiver, dominando ovocabulário acadêmicona língua inglesa, o Pathway te preparar para outras situações práticas daquela universidade ou college específico, como apresentações orais e escrita de redações (essays), desenvolvendo um conjunto de habilidades nos moldes exigidos por aquela escola. 


Assim, quando começar seu curso, você já estará muito mais
preparado(a) para os desafios da vida acadêmica internacional.

Qual a duração do Pathway?

 

Os Pathways podem ser feitos nos próprios colleges ou em escolas de idioma parceiras indicadas por esses colleges ou universidades. A duração vai depender do seu nível de fluência, variando entre 2 e 6 meses, em média.

Você faz um teste on-line antes de chegar ao país para ter uma estimativa de tempo do seu Pathway, mas no primeiro dia será aplicado um teste presencial para avaliar aspectos de Reading (leitura), Listening (escuta), Writing (escrita) e Speaking (fala), que determinará, de fato, o tempo de duração do seu Pathway.

Por isso é importante continuar estudando inglês e se aprimorando enquanto rola o seu processo de admissão e visto, assim você poderá diminuir o tempo em que precisará ficar no Pathway quando chegar ao seu destino de estudos internacional.

Na maioria das instituições, a conclusão do Pathway no tempo pré-determinado é suficiente para que você seja considerado apto para iniciar o curso escolhido na universidade ou college, dispensando uma nova prova.

 

Para quem é o Pathway? É obrigatório aplicar ao mesmo tempo para uma universidade?

É preciso ressaltar que o Pathway não é para quem precisa aprender inglês do zero, mas para quem já tem um nível, pelo menos, intermediário, mas ainda não suficiente para ingressar em um curso superior. Para descobrir seu nível de inglês e, inclusive, decidir se você deve tentar o IELTS ou optar pelo Pathway, há inúmeros testes gratuitos na internet que podem te dar uma noção melhor.

Caso você já tenha decidido o curso superior que deseja fazer, é recomendado que faça a aplicação conjunta para o visto (Pathway + Universidade), obtendo permissão para o tempo integral de estudos, e evitando pagamento de novas taxas quando já estiver no país para aplicação de um novo visto quando finalizar o Pathway.

Mas para isso você precisa estar seguro de sua escolha, pois a taxa de matrícula não é reembolsável. Nesse caso, você receberá duas cartas de aceitação: uma da escola de idiomas em que vai cursar o Pathway, e outra da universidade, condicionada à conclusão do Pathway.

Se não tiver essa decisão tomada, você pode optar por aplicar primeiro para um visto somente para o Pathway. Nesse caso, você poderá decidir durante o Pathway sobre a universidade que deseja cursar. A vantagem é que você pode contar com orientação da escola para ajudá-lo(a) a definir o curso mais adequado para você, além de apoio em todas as etapas de aplicação na universidade ou college para o curso escolhido.

Posso trabalhar durante o Pathway?

É importante destacar, ainda, que durante o Pathway, você não terá permissão para trabalhar. A partir do momento em que você finaliza o Pathway e dá início ao seu curso superior, você poderá solicitar um work permit (no caso do Canadá e da Austrália) que é part-time (20 horas semanais) durante as aulas e full-time (40 horas semanais) nos breaks (ou férias). Nos Estados Unidos, os vistos de estudo, em geral, não dão direito a trabalho.


No caso de 
cônjuges, que recebem permissão para trabalhar enquanto seu(a) parceiro(a) estiver estudando no Canadá e na Austrália, eles só poderão trabalhar nesse período caso o Pathway seja feito na mesma instituição de ensino e vinculado diretamente ao curso superior que o(a) parceiro(a) fará. Caso contrário, só obterá essa permissão de trabalho também quando o cônjuge terminar o Pathway e iniciar o curso. Já o(a) estudante não poderá trabalhar durante o Pathway em nenhuma hipótese.

Pathway Canadá

No Canadá, a ILSC Language Schools oferece programas de Pathway em 3 das principais cidades (Montreal, Toronto e Vancouver), e tem parceria com mais de 60 instituições de ensino superior em todo o país. A ILSC dispõe de conselheiros acadêmicos para apoiar seus alunos em toda a sua jornada de aprendizado.

Inglês acadêmico na Austrália

Na Austrália, a ILSC Language Schools está presente em 4 cidades que estão entre os principais destinos de intercâmbio: Adelaide, Brisbane, Melbourne e Sidney. Além de ter parceria com 50 instituições de ensino superior, o University Pathway Program da ILSC se enquadra em dois critérios de curso CRICOS.