Intercâmbio durante a pandemia: Quando as fronteiras irão abrir?

share on

Eu consigo fazer um intercâmbio durante a pandemia? Quando as fronteiras irão abrir? Canadá, Austrália, Europa e o Estados Unidos já estão recebendo brasileiros? Quais os países que estão aceitando brasileiros durante o COVID-19? Quando finalmente vai começar o “pós-pandemia”? Um overview atualizado do cenário global para ajudar todas essas pessoas que não veem a hora de tirarem seus planos do papel e se jogarem no intercâmbio dos seus sonhos.

(Atualizado em: 04/03/2021)

Eu consigo fazer um intercâmbio durante a pandemia? Quando as fronteiras irão abrir? Canadá, Austrália, Europa e o Estados Unidos já estão recebendo brasileiros? Quais os países que estão aceitando brasileiros durante o COVID-19? Quando finalmente vai começar o “pós-pandemia”? Estas são apenas algumas das perguntas que mais recebemos nos últimos meses, onde o Coronavírus atrapalhou o planejamento de diversos estudantes internacionais, que estavam prontos para embarcar na maior viagem de suas vidas.





 

Decidimos, então, dar um






overview atualizado do cenário global






para ajudar todas essas pessoas que não veem a hora de tirarem seus planos do papel e se jogarem no intercâmbio dos seus sonhos. Para isso, vamos analisar na data de HOJE a situação das fronteiras dos países mais procurados. Lembrando que o cenário do COVID-19 é dinâmico e pode mudar a qualquer momento.

Austrália




As suas liberações estão acontecendo de forma diferente em cada estado e o país começou a sua vacinação no início da semana passada. O governo está se organizando para comprar mais vacinas do que a população necessita e, após todos estarem protegidos, devem doar as vacinas restantes para países próximos.  Existem algumas especulações que dizem que o país deve ter toda a sua população vacinada até outubro, porém esta informação ainda não foi confirmada pelas autoridades.

 

Até então, a Austrália é considerada um dos países mais bem sucedidos na contenção da pandemia, conseguindo zerar seus casos em diversos momentos. Hoje, por exemplo, foram relatados apenas 6 novos casos. 

Atualmente, as fronteiras da Austrália estão abertas apenas para residentes, cidadãos e seus familiares, diplomatas e outras exceções, como visitantes da Nova Zelândia. Vale lembrar que todas as pessoas que entram no país precisam obrigatoriamente cumprir o período de quarentena e seguir todas as orientações de prevenção.

 

Entretanto, algumas escolas já estão demostrando um positivismo muito maior em relação a está situação. Parte deste sentimento veio por conta da postura da imigração diante a aplicação de novos vistos. Mesmo com um tempo um pouco maior para análise, já estamos recebendo respostas positivas para algumas aplicações. O que demostra que o país está começando a se preparar para uma mudança de cenário e uma possível reabertura das fronteiras.

Nova Zelândia




A Nova Zelândia está andando lado a lado com a Austrália na contenção do Coronavírus. Desde o início da pandemia, o país registrou 26 mortes e utiliza uma estratégia bem rígida para manter seus 5 milhões de habitantes em segurança. Por exemplo, cada vez que um novo caso é reportado o governo solicita que todas as pessoas que tiveram contato com o contaminado sejam procuradas e isoladas imediatamente. O país já passou por alguns lockdowns para manter o controle sobre o COVID-19.

Recentemente, o ministério da saúde da Nova Zelândia aprovou duas vacinas para futuras aplicações e o país se planeja para a chegada dos primeiros lotes ainda no mês de março.

 

Por enquanto, as fronteiras do país seguem fechadas e a imigração não está recebendo novas aplicações de visto. 

Canadá




Apesar dos números de contaminação serem superiores ao da Austrália e Nova Zelândia, o Canadá está com uma política bem diferente. Atualmente o consulado está recebendo aplicações de vistos e as fronteiras estão abertas para estudantes. Inclusive, o próprio governo orientou que pessoas que fossem realizar um curso de inglês de menos de 25 semanas, aplicasse para estudante, ao invés de turismo.



De toda forma, assim que o estudante chega ao país, ele precisa fazer uma quarentena de 15 dias e após os três primeiros dias no país, precisa realizar um teste para verificar se está contaminado pelo COVID-19.

 

Vale apontar também que as vacinações começaram em dezembro com dois tipos de vacinas. E que atualmente o governo está no processo de aprovação de outras duas marcas, para agilizar a proteção de toda a população.

Também é legal citar que algumas instituições canadenses estão extremamente positivas com a situação atual do país e inclusive, estão abertas para receberem novos alunos e preparadas com todo o protocolo de segurança necessário para esta situação. Separamos instituições para os três destinos mais procurados no Canadá, que se enquadram nesta situação, caso você queira conferir mais informações.







Vancouver – Graduação e MBA





Um dos programas de MBAs mais populares por sua entrega de validade e investimento tangível para brasileiros é o Master in Business Administration da






University Canada West (UCW)


, em Vancouver.  É um programa credenciado pela ACBSP e oferece uma visão digital que ajuda na orientação de negócios inovadores. Este MBA é focado nas últimas tecnologias e abordagens de projetos do mercado, que incluem Salesforce, Design Thinking, Tableau Software e muito mais.






 

A instituição está localizada no centro de Vancouver e possui outros cursos também, como:

 

• Bachelor of Commerce

• Bachelor of Arts in Business Communication

• Associate of Arts

 

Saiba mais sobre o protocolo de segurança da UCW





Montreal – Graduação





Uma das instituições mais renomadas de Montreal é a



TREBAS INSTITUTE


, que oferece programas credenciados pelo Ministère de l’Enseignement Supérieur (Québec). Ela fica localizada no centro de Montreal e possui aulas em inglês e francês, além de ter uma rede de parceiros de negócios e serviços que auxiliam com a carreira de seus alunos. A TREBAS Possui diversos cursos renomados internacionalmente, como é o caso de:

 

• Audio Programs

• Film & Television Programs

• Business and Tecnology Programs

• Music, Event and Entertainment Management Programs

 

Saiba mais sobre o protocolo de segurança da TREBAS INSTITUTE



 

Toronto – Especialização





A



Toronto School of Management (TSoM)



também está preparada para receber alunos internacionais. Fica localizada no centro de Toronto e possui diversos programas de especialização que são renomados internacionalmente. Seu foco está em programas direcionados para a área de Business, Digital Marketing, Turismo, Cybersecurity e Big Data.


 

Saiba mais sobre o protocolo de segurança da TSoM




Irlanda




A Irlanda iniciou sua vacinação contra o COVID-19 no final de dezembro e até o momento já conseguiu reduzir bastante seus números de casos. Chegando em 559 novos registros em 03/03. Até o momento o país mantem suas fronteiras fechadas e estuda como pode agilizar o seu processo de imunização.





A Irlanda já enfrentou 3 ondas da doença e, mesmo tendo saído do pico da terceira onda, seus números ainda estão altos, se comparados às duas outras ondas que enfrentaram.


 

Vale falar que o programa de imunização prevê vacinar cerca de 700 mil pessoas até o final de março e 2,2 milhões de pessoas até final de junho.

Estados Unidos




O Estados Unidos apresentou números extremamente alarmantes durante o mês de janeiro, apesar de ter iniciado sua vacinação em dezembro. A falta de medidas de proteção no país, como o uso de máscara e o distanciamento social, foi uma das causas destes números gigantescos.  Atualmente o país encontra-se em uma situação bem melhor, embora ainda apresente altos índices de contaminação.

Por conta destes índices, algumas medidas restritivas foram feitas pelo governo do Estados Unidos, como o bloqueio da fronteira para 32 países diferentes, incluindo o Brasil. Mesmo assim, o consulado do país está aberto para receber novas aplicações de visto.

Ou seja?







Quando falamos dos principais destinos de intercâmbio, até então, apenas Austrália, Canadá e Estados Unidos estão recebendo aplicações de visto.  E destes três países, apenas o Canadá está com suas fronteiras abertas para estudantes internacionais.


 

De acordo com a conversa que tivemos com alguns governos e instituições internacionais, acreditamos que o cenário está ficando cada vez mais positivo para quem deseja realizar seu intercâmbio. Vale ressaltar que, por conta do COVID-19, diversas instituições estão oferecendo bolsas de estudo ou descontos muito superiores aos apresentados nos anos anteriores. Então, caso você tenha um projeto de estudar fora do Brasil, nós aconselhamos que comece a se planejar agora mesmo.

 

Desta forma, você irá conseguir garantir os melhores preços já vistos para intercâmbio e viajar assim que as fronteiras estiverem abertas, caso não esteja interessado em ir para o Canadá.

Aproveite e assista também o vídeo que fizemos sobre este tema!



Ainda está com dúvida sobre o assunto? Fale com nossa equipe! Estamos nos atualizando diariamente sobre tudo o que está acontecendo no universo do intercâmbio.