Viver sem inglês na Austrália? Sim, é possível!

share on

Como viver sem inglês na Austrália? Essa dúvida é recorrente para muitas pessoas que desejam estudar ou trabalhar na terra dos cangurus e dos coalas, mas que não têm proficiência na língua oficial do país. Claro que saber o idioma facilitará as chances de estudo e trabalho na Austrália, mas não desanime! Existem outras opções interessantes para que você realize o seu sonho.

 

O fato é que trabalhar na Austrália vale a pena sim. Você estará em contato com pessoas do mundo todo, porque o país é conhecido pela receptividade com estrangeiros, sendo um centro de diversidade multicultural.

 

Quer saber se tem emprego na Austrália? Se é fácil conseguir emprego na Austrália? Como é o trabalho na Austrália? Tudo isso sem inglês avançado? Vamos te contar como é possível. Leia com atenção!

Quais são as vagas de emprego na Austrália para quem não domina o inglês?

Na Austrália, existem várias vagas para quem não fala inglês com fluência, ou que não domina nada do idioma. É claro que os cargos com melhores pagamentos exigirão proficiência na língua oficial australiana, mas você pode ir por partes: à medida em que vai tendo contato com o idioma estrangeiro e o aperfeiçoa, você poderá trocar de emprego.

 

Confira as principais vagas para quem não é um falante de língua inglesa, mas conhece o básico:

 

  • Lavador de pratos, recebendo entre AU$ 18 e AU$ 25 por hora trabalhada;
  • Ajudante de obras, recebendo entre AU$ 18 e AU$ 30 por hora de trabalho;
  • Limpeza/diarista, recebendo entre AU$ 18 e AU$ 24 por hora trabalhada.

 

Caso você tenha uma noção intermediária do idioma e saiba se comunicar com mais tranquilidade que quem não o domina, poderá ocupar os cargos:

 

  • Cozinheiro(a), recebendo entre AU$ 18 e AU$ 24 por hora trabalhada;
  • Garçom, recebendo entre AU$ 20 e AU$ 34 por hora de trabalho;
  • Ajudante de loja, recebendo entre AU$ 18 e AU$ 25 por hora trabalhada.

 

Depois de um tempo aprimorando a sua comunicação em inglês, você poderá trabalhar como:

 

  • Assistente administrativo, recebendo AU$ 25 por hora trabalhada;
  • Chef de cozinha, recebendo entre AU$ 22 e AU$ 30 por hora de trabalho;
  • Barista, recebendo entre AU$ 18 e AU$ 25 por hora trabalhada.

Salário mínimo na Austrália

Independentemente do cargo que você ocupar dentre os citados anteriormente, ou de outros, você não receberá menos que o salário mínimo australiano, que é de AU$ 3.090,40 mensaisCom este valor – que entrou em vigor no dia 01 de julho de 2021 -, dá para levar uma vida confortável, sem excessos, no país enquanto estuda o idioma e se profissionaliza para pleitear melhores vagas de emprego.

 

É importante destacar que a base salarial australiana é feita sobre horas trabalhadas. Portanto, para uma carga horária de 38 horas semanais, o salário mínimo determina AU$ 20,33 por hora ou AU$ 772,60 por semana.

 

Vamos entender melhor, então, sobre o poder de compra que este salário admite, comparando-o com o salário mínimo brasileiro de 2021 e considerando o dólar australiano na cotação de setembro de 2021, a R$ 3,89.

 

O comparativo a seguir foi feito para compras em supermercado (os valores utilizados foram baseados na post Custo da Alimentação na Austrália):

 

  • Com um salário mínimo australiano – AU$ 3.090,40 ou R$ 12.021,65 por mês: 25 compras em supermercado na Austrália, 46 no Brasil;
  • Com um salário mínimo brasileiro – R$ 1.100,00 ou AU$ 282,77 por mês: 35 compras em supermercado na Austrália, 73 no Brasil.
  • Com um salário médio australiano – AU$ 4.394,33 ou R$ 19.194,54 por mês: 25 compras em supermercado na Austrália, 46 no Brasil;
  • Com um salário médio brasileiro – R$ 995 ou AU$ 255,78 por mês: 2 compras em supermercado na Austrália, 3,6 no Brasil.

 

E se você quisesse comprar um iPhone?

 

Na Austrália, o preço médio de um iPhone 12 estava AU$ 1.349. Tendo isso em vista, com um único salário mínimo seria possível comprar dois deles e ainda sobraria dinheiro. Já no Brasil, o preço médio do mesmo aparelho, custando por volta de R$ 7.999,00 no lançamento, demandaria 8 meses de trabalho somente para este objetivo.

 

Empregos para quem deseja viver sem inglês na Austrália

Estudo e trabalho na Austrália: como isso funciona?

Uma alternativa para fazer um intercâmbio na Austrália é estudar e trabalhar ao mesmo tempo, principalmente para quem tem o foco em aprimorar a língua inglesa. Contudo, para isso, algumas regras devem ser levadas em conta. São elas:

 

1.   Preciso de um visto para trabalhar e estudar na Austrália?

Sim. Você terá que tirar um visto de estudo, que te dará a opção de também trabalhar.

 

2.   Qual é o tempo de duração desse tipo de intercâmbio?

O tempo mínimo para esse tipo de intercâmbio é de 14 semanas. O máximo, de 2 anos com algumas renovações do visto.

 

3.   Por até quantas horas uma intercambista pode estudar e trabalhar no país?

A rotina estabelecida de trabalho para um intercambista é de 20h semanais, considerado meio período no Brasil. Após terminar os estudos, o Consulado da Austrália concede mais um mês para que o estrangeiro possa trabalhar por tempo integral, caso queira.

 

4.   Já chego com um emprego garantido no país?

Não. É de responsabilidade do aluno procurar um emprego. Essa atividade, se levada a sério como uma rotina de busca, traz resultados em, aproximadamente, 2 meses.

Existem escritórios nos próprios colleges que oferecem workshops voltados para auxiliar o estudante a elaborar um currículo e até conseguir um emprego.

 

5.   Como conseguir o visto de estudo e trabalho na Austrália?

Este visto para estudos deve ser aplicado ainda no Brasil e este documento é um pré-requisito para viver no país. Este processo deve ser iniciado 85 dias antes do embarque, no mínimo.

 

Documentos necessários para tirar o visto: passaporte (com validade que abranja todo o período do intercâmbio), carta de aceite da escola que irá estudar, Formulário 956A (que permite que o visto seja feito por uma agência), carta de intenções, documentos de comprovação financeira e de escolaridade, de trabalho, de casamento (se for o caso).

Conheça o Impact English College

A melhor opção na Austrália para imigrantes estudarem inglês, independentemente do nível, é o Impact English College. Com um campus em Brisbane e outro em Melbourne, são oferecidos cursos de:

 

  • Inglês geral;
  • Inglês extremo;
  • Inglês para barista / café;
  • Inglês de negócios;
  • IELTS / EAP;
  • Cambridge FCE & CAE.

 

A instituição tem educação premiada e fala somente em inglês, em todos os momentos, para já capacitar o aluno no idioma. As turmas são pequenas, com alunos de nacionalidades distintas, oferecendo uma grande variedade de opções de estudos flexíveis, inclusive aulas extras gratuitas, por professores especialistas e equipe de apoio.

 

Além disso, o Impact English College é focado na experiência e satisfação plena do aluno, utilizando metodologia centrada em uma aprendizagem dinâmica e inovadora. Trata-se, certamente, de uma experiência aprofundada e imersiva tanto no idioma, quanto na cultura australiana.

 


 

Você quer saber como se tornar um aluno do Impact English College, para estudar inglês e trabalhar na Austrália? Os consultores especialistas da Spiible têm as respostas para as suas principais dúvidas, deixando-as esclarecidas para que você comece a planejar hoje o seu intercâmbio para a terra dos cangurus. Entre em contato:


Quero entrar em contato!