Carreira na Europa: o curso certo e networking para abrir portas

share on

Veja porque estudar em uma universidade na Europa pode lhe garantir não só um belo upgrade no currículo, mas também abrir portas no mercado estrangeiro.

Investir em uma carreira internacional é algo que está em seus planos? Mesmo que muitas fronteiras estejam fechadas, no momento, por conta da pandemia, você pode começar a se preparar para quando elas reabrirem, deixando o caminho pavimentado para estudar e trabalhar no exterior em um futuro próximo!


Neste post, vamos apresentar informações úteis principalmente para quem deseja construir uma 
carreira na Europaprincipalmente, e ainda não sabe muito bem por onde começar. Cursar uma universidade, por exemplo, pode abrir as portas para você estudar, fazer networking e trabalhar no Velho Continente, dando um salto significativo em sua vida profissional. Leia até o fim e fique por dentro!

Cursos e carreiras internacionais que estão em alta

Se você almeja desenvolver uma carreira na Europa, pode estar se perguntando sobre os tipos de curso que pode fazer para ingressar no mercado estrangeiro e os profissionais mais requisitados por lá, certo?


São muitas as possibilidades, mas algumas áreas merecem destaque, como 
business e digital marketing. Se você tem formação, experiência e/ou interesse em administração e negócios internacionais, se é ou almeja ser um executivo ou ocupar um cargo de liderança, muito provavelmente tem um perfil potencial para os cursos que lhe capacitam para atuar no mercado internacional.


Talvez você seja da área de
 relações internacionais ou de recursos humanos, ou quem sabe seja um gerente de produto ou gerente de marketing que visa ascensão profissional: em todos esses casos, há ótimas chances de você emplacar uma carreira no exterior


Mesmo que você considere que já está bem posicionado em sua carreira no Brasil, uma 
experiência internacional pode fazer toda a diferença e mudar bastante o seu jogo, ainda que você prefira retornar ao país após concluir os estudos em vez de tentar prorrogar seu visto e permanecer por alguns meses trabalhando por lá, o que também é uma possibilidade.

Universidades estrangeiras podem ser a melhor porta de entrada para ingressar no mercado internacional

Estudar em uma universidade na Europa pode lhe garantir não só um belo upgrade no currículo, mas também abrir muitas portas para você no mercado estrangeiro por meio do networking, principalmente.


Há universidades no exterior que oferecem cursos de bacharelado e MBA com
 excelente custo-benefício, se comparado àquelas que são famosas mundialmente (como Harvard e MIT), mas não ficam atrás em termos de qualidade de ensino e de oportunidades geradas aos alunos.


A E‌U Business School, por exemplo, figura em diversos rankings europeus e mundiais. Ela foi listada como uma das 30 principais instituições europeias de ensino superior para o
 empreendedorismo por Startups da UE. Também foi classificada em quinto lugar no QS MBA Guide Return on Investment Report para aumento de salários na Europa, dentre outros que poderiam ser citados.

Presente em três países: Espanha (Barcelona), Suíça (Genebra e Montreux) e Alemanha (Munique); uma das grandes vantagens dessa universidade é que o ensino não fica restrito à teoria. Os cursos oferecem uma abordagem pragmática e experimental, incluindo visitas a empresas como Tesla, Amazon, Credit Suisse, Mars, Freixenet, entre outras, acesso a uma rede de negócios e interação com líderes e executivos do mercado, o que favorece o networking e, consequentemente, amplia suas possibilidades de desenvolver carreira na Europa durante e depois dos estudos.


É importante ressaltar que todas as
 aulas são ministradas em inglês, justamente para promover uma experiência global, já que recebem alunos do mundo todo. Então, o networking já começa dentro da sala de aula, entre os próprios colegas, proporcionando também uma rica troca cultural, que só tem a acrescentar em sua experiência de vida e carreira.


Alguns dos professores trabalham em
 multinacionais, portanto têm não somente o conhecimento teórico, mas também experiência prática no mercado europeu, levando casos de negócios reais para a sala de aula.


Algumas opções de programas oferecidos pela E‌U Business School são: MBA em Negócios Digitais, MBA em Marketing Internacional, MBA em Negócios Internacionais, dentre outros.

MBA no Brasil x MBA no exterior

Sabia que há diferenças entre um MBA no Brasil e no exterior? A principal delas é que, lá fora, o MBA equivale a um mestrado. Ou seja, não se trata meramente de uma especialização, mas lhe garante a titulação de mestre. 


E se você imagina que um MBA no exterior é muito mais caro do que no Brasil, saiba que não é bem assim não! Em muitos casos, é possível conseguir valores bem parecidos com os dos melhores cursos desse tipo no Brasil.


Com relação aos custos para viver em outro país, que é uma preocupação para muitas pessoas que desejam ter essa experiência, fique sabendo também que há possibilidade de conseguir
 vistos de estudante que lhe permitem trabalhar part-time ou até full-time durante o curso, com possibilidade de estender essa permissão para continuar por alguns meses só trabalhando após a finalização dos estudos.


Diferentemente do que acontece na maioria das instituições de ensino brasileiras, que, em geral, abrem turmas semestralmente, ou 2 vezes ao ano, na E‌U Business School são 3 datas (outubro, janeiro e março), então você tem mais opções para se programar de acordo com a sua disponibilidade. 


Como leva um tempo para que você possa se organizar e providenciar toda a documentação necessária para fazer um
 intercâmbio de estudos e/ou de trabalho, quanto antes você começar, melhor. Assim, quando a pandemia passar e as fronteiras se abrirem novamente, você já estará pronto para dar esse importante passo em sua vida e carreira.